Este trabalho foi apresentado no II Encontro de São Lázaro, realizado na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA, entre os dias 13 a 17 de junho. Abaixo, um resumo da apresentação:

Autoconhecimento em Richard Moran (Valério Cássio Silva de Oliveira Junior)

Parece haver um desacordo entre a posição epistemológica clássica acerca do autoconhecimento e o anti-individualismo. Segundo a primeira, temos acesso direto e privilegiado aos nossos pensamentos o que implica em conhecermos nossa vida mental de forma distinta da que conhecemos o mundo e as outras mentes. Na abordagem anti-individualista o conhecimento dos nossos estados psicológicos depende ao menos em parte, do conhecimento que temos do mundo físico lingüístico e social entorno, donde segue: se estamos errados acerca do mundo estamos, também, errados sobre os pensamentos que temos acerca do mundo.Para o anti-individualista, o autoconhecimento exige uma investigação empírica da mesma forma que o conhecimento do mundo entorno e das outras mentes. Todavia a Introspecção, a Transparência e o autoconhecimento são traços característicos do sujeito racional (do sujeito comum).

Richard Moran apresenta uma solução distinta para a querela do autoconhecimento. Segundo este autor, a abordagem epistemológica do autoconhecimento é insuficiente. Conhecemos nossos estados mentais atuais de uma forma completamente distinta de como conhecemos os estados mentais dos outros e, não é necessário, para tanto, a investigação empírica ou inferência. No presente trabalho intenta-se apresentar por que, segundo Richard Moran, a melhor forma de compreender o autoconhecimento é deslocar a investigação para a psicologia moral onde sujeito do autoconhecimento deixaria de ser entendido como um investigador das condições de verdade e justificativas do conteúdo de suas crenças e passaria a ser um agente racional comprometido com suas crenças e ações (suas atitudes). De uma forma mais breve: será apresentado neste trabalho o significado do autoconhecimento na abordagem da psicologia moral.