O quanto conhecemos nossa mente? De acordo com uma visão otimista assiciada a Descartes e Locke, a introspecção é uma fonte especial e confiável de autoconhecimento. E de acordo com uma visão pessimista associada a Wittgenstein e Ryle, a introspecção é como a percepção ordinária: uma confluência de processos falíveis, e portanto, não muito confiável.

Nesta conversa, Gertler defende uma versão da visão otimista, enquanto Schwitzgebel defebde uma versão da visão pessimista.

Brie Gertler & Eric Schwitzgebel from Philosophy TV on Vimeo.

Trabalhos relacionados:

Brie Gertler:

 Eric Schwitzgebel:

Acompanhe também os comentários sobre esse vídeo no site PhilosTV:

http://www.philostv.com/eric-schwitzgebel-and-brie-gertler